CBF bate o martelo e faz anúncio sobre SPFC e Bahia

O São Paulo volta a campo neste domingo (30), para enfrentar o Bahia, às 16h, no Morumbis, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor voltou a vencer depois de uma sequência de quatro jogos sem vitória, com dois empates (Internacional e Corinthians) e duas derrotas (Cuiabá e Vasco).

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou, de forma oficial, que Marcelo de Lima Henrique será o árbitro responsável pelo confronto. Ele será auxiliado por Renan Aguiar da Costa e Jose Moracy de Sousa E Silva, todos do Ceará. O responsável pelo VAR será Rodrigo Nunes de Sá.

Com a vitória por 2 a 1 em cima do Criciúma, o Tricolor pulou da 12ª para a 7ª colocação, somando 18 pontos no total. Acumula cinco vitórias, três empates e mais quatro derrotas até aqui. São 17 gols marcados e 14 sofridos.

Já o Bahia vive ótimo momento sob o comando de Rogério Ceni e está em segundo lugar na tabela  com 24 pontos, mesma pontuação do líder Flamengo. O time de Salvador venceu sete, empatou três e perdeu somente duas partidas. Marcou 20 gols e sofreu 13.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Zubeldía fala de Rogério Ceni

Em entrevista após a vitória contra o Criciúma, o técnico Luis Zubeldía comentou sobre Rogério Ceni. O argentino rasgou elogios ao ex-goleiro e disse que ele representa muito na história do clube.

“Rogério é uma lenda viva. Basta recorrer às paredes para se dar conta do que é o Rogério. Observei, anos atrás, o São Paulo, o futebol brasileiro. Se não sabe quem é Rogério, você não sabe o que é o São Paulo. É parte da história do São Paulo, um goleiro peculiar, que batia muito bem na bola. Sem ofender os demais, Chilavert e Rogério são os que tem mais relevância em fazer gols de falta”, disse Zubeldía.