Casares volta a se manifestar sobre o futuro de James Rodríguez

Mesmo com pouco tempo de clube, James Rodríguez já pode estar de saída. Pelo menos foi o que diversos portais especularam nas últimas semanas após uma entrevista polêmica do colimbino. Na ocasião, ele não garantiu permanência no São Paulo pois o futebol “é muito dinâmico”.

Em entrevista ao videocast Zona Mista, comandado pelo jornalista André Hernan, o presidente Julio Casares fez questão de esclarecer a situação do meia. Segundo o mandatário, ele estará mais adaptado ao time em 2024 e pronto para dar “alegria” aos torcedores. 

“Quando ele fala que o futebol é dinâmico, é verdade, nós não sabemos o que vai acontecer, se amanhã chegar uma proposta para qualquer jogador, se a proposta for boa, irrecusável, vai acontecer. A mesma coisa é na visão dele, e que ganhou uma proporção porque como não ele está jogando, parece que há um descontentamento. Eu sou testemunha porque estou sempre no CT, ele vai, treina, é um grande profissional, não tenho dúvida que em 2024 ele estará mais adaptado ao sistema tático e a todo o país. É um grande jogador e certamente vai nos dar alegria ainda”, disse Casares.

Casares deixou claro que apesar da carreira vitoriosa de James em clubes como Real Madrid e Bayern de Munique, ele ainda tem que se adaptar ao futebol brasileiro e ao esquema do técnico Dorival Júnior. Diante disso, há otimismo para que ele receba mais minutos em campo em 2024.

“O James chegou num momento que o time estava azeitado numa fase decisiva, a adaptação ao sistema de jogo do técnico leva tempo. Acreditamos que no Campeonato Paulista ele tenha mais chances e mais condições e aí, sim, numa nova formatação, ele já tenha adquirido a consciência do sistema tático do treinador”, disse o presidente.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Casares acredita que James dará a volta por cima no SPFC

Por fim, Julio Casares demonstrou confiança que James Rodríguez irá ser importante para o time na próxima temporada, mesmo em meio às dificuldades do calendário extenso do futebol brasileiro. O Tricolor irá disputar cinco competições: Campeonato Paulista. Brasileiro, Supercopa, Copa do Brasil e Libertadores. 

“Todos estão empenhados para que ele nos ajude, acredito muito que ele vai colaborar, porque o calendário no Brasil é muito extenso e muito difícil, não dá para jogar todos os jogos com o mesmo time e aí vai ter espaço. Esse sacrifício vai ter que acontecer com todo o elenco e o Dorival e a comissão técnica têm muito essa competência”, finalizou.