Casares “vaza” acordo fechado com a CBF

Nesta segunda-feira (27), o presidente do São Paulo, Julio Casares, participou da reunião junto a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que tratou sobre diversos assuntos do futebol brasileiro. Vale destacar que ele foi escolhido como o chefe da delegação durante a Copa América, que será disputada entre os dias 20 de junho a 14 de julho, nos Estados Unidos.

No final do encontro, Casares foi questionado por diversos jornalistas sobre quais assuntos foram conversados. Um deles foi em relação a volta do Campeonato Brasileiro, que foi paralisado por conta das enchentes no Rio Grande do Sul.

“Foi uma reunião muito boa, que demonstrou atitude da CBF e unidade dos clubes, e uma complexidade de calendário, mas garantindo amenizar esse desequilíbrio que os clubes do sul estão tendo. Eles vão ter algumas datas que também não vão afogar a qualidade do campeonato”, disse o presidente do SPFC.

Casares fala sobre reposição dos jogos adiados

Em relação às partidas que foram adiadas (7° e 8° rodadas), Casares comentou que a decisão foi de flexibilizar o calendário do futebol brasileiro. Quando necessário, as equipes poderão inverter o mando de campo com os times que foram mais afetados pela catástrofe natural, ou seja, Internacional e Grêmio

“Foi discutida uma flexibilização, até porque faz parte do regulamento, e particularmente jogo a jogo, uma possível inversão de mando quando necessário. Mas isso, claro, vai ser analisado jogo a jogo porque tem estros que você tem dois jogos na mesma praça e tem problema de segurança pública”, complementou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, Julio Casares revelou que o Campeonato Brasileiro não será paralisado durante as datas Fifa, algo que é muito comum. A ideia é que o torneio acabe no dia 8 de dezembro, data prevista anteriormente antes da paralisação. O Brasileirão também continuará durante a Copa América.

“Então o que foi apresentado foi uma iniciativa que teve a aceitação de todos e que teve a oportunidade de flexibilizar a inversão de campo quando permitido. São datas que já foram apresentadas e serão utilizadas as datas Fifas para as equipes que tem essa preposição que tem os jogos de Copa do Brasil, como Internacional e Juventude. A ideia é chegar no dia 8 de dezembro com o campeonato todo fechado. São compactadas na Copa América e na data Fifa”, finalizou o são-paulino.