Casares sai em defesa de Pato e James Rodriguez

Na última segunda-feira (11), o presidente do São Paulo, Julio Casares, esteve no programa ‘Roda Viva’, da TV Cultura, para responder às perguntas de diversos jornalistas da emissora, incluindo Arnaldo Ribeiro, são-paulino declarado.

O mandatário foi questionado sobre algumas das contratações de sua gestão, incluindo as de Alexandre Pato e James Rodríguez, jogadores que já são veteranos mas não vivem a melhor fase de suas carreiras.

A jornalista Vera Magalhães fez um comparativo com a contratação de Daniel Alves, que foi um fracasso, já que o clube paga o atleta mensalmente até os dias de hoje por conta da rescisão de vínculo e dívidas. Além disso, aproveitou para relembrar do pênalti perdido pelo colombiano contra a LDU, que custou a eliminação do SPFC na final da Copa Sul-Americana.

Casares defendeu James e citou que ele ainda está em uma boa idade para atuar em alto nível. Em relação a cobrança da penalidade, o mandatário disse que é uma fatalidade, e que grandes atletas já desperdiçaram cobranças.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Primeiro, o James tem 32 anos. Eu não acho uma pessoa velha no estado atual da competição. Ele tem muita condição técnica. O pênalti (perdido contra a LDU) é uma fatalidade, grandes jogadores como Zico e Platini perderam pênalti. Careca, Raí. Acontece, mas é um grande jogador”, defendeu Casares.

“James tem treinado bem, está jogando na Colômbia, entrou contra o Flamengo e também jogou muito bem”, complementou.

Ainda é cedo para avaliar a contratação de Pato, diz Casares

Sobre Pato, o presidente do São Paulo diz que ainda é cedo para realizar qualquer julgamento sobre sua contratação, já que o atacante estava há praticamente um ano sem atuar.

“O Alexandre Pato é um jogador que ficou muito tempo parado, tem um amor e um carinho pelo São Paulo E nós também por ele. Ele está lá compondo elenco. Contra o Santos, ele fez um belo gol. É um jogador com muita qualidade. Eu acho que ainda é prematuro para fazer um julgamento sobre o Pato, vamos aguardar”, comentou.