Casares não descarta fechar uma grande venda para o São Paulo

A janela de referências abre no próximo mês e já atrai muita expectativa do torcedor são-paulino e também de outros clubes. A ideia é reforçar a equipe comandada pelo técnico Luis Zubeldía para competir em todas as frentes.

 Entretanto, o presidente Julio Casares confirmou que alguns atletas podem se despedir do Morumbi. Isso porque o plano inicial era ouvir algumas ofertas por Pablo Maia. O volante acabou precisando fazer uma cirurgia e está fora até o segundo semestre. 

“Tínhamos a perspectiva de que algumas propostas poderiam chegar. O Pablo (Maia) teve uma contusão, é um jogador de Seleção Brasileira, pode acontecer. Nós vamos avaliar”, disse o mandatário.

Por sinal, a tendência é que o São Paulo analise propostas que devem chegar na janela, uma vez que Maia não deve ser negociado neste momento. Claro que a ideia é manter o elenco atual, mas o Tricolor precisa melhorar o fluxo de caixa e deve se desfazer de algum nome por um alto valor.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Não podemos perder a qualidade técnica do elenco, mas também não podemos perder a oportunidade de ser vendedor se vier uma opção positiva. Até porque os atletas às vezes querem sair, como foi com o Beraldo (para o PSG), que era um momento interessante. E nós seguramos como possível. Vamos tentar buscar esse equilíbrio. Não é fácil, porque no final do ano temos que fechar as contas”, finalizou Casares.

Vale destacar que a janela de transferências abre no dia 10 de julho e vai até 2 de setembro. A janela do meio do ano costuma ser mais agitada na Europa, e os clubes europeus devem gastar muito dinheiro em novas aquisições.