Casagrande perde a paciência e manda recada para James Rodríguez

Há duas semanas, o meia James Rodríguez havia pedido a rescisão de seu contrato junto ao São Paulo. Contudo, o colombiano se mostrou arrependido, chamou a diretoria, jogadores e comissão técnica para um conversa, e disse que queria ficar no clube.

Apesar da atitude com os profissionais e funcionários do clube, James deveria fazer um pedido de desculpas público aos torcedores do São Paulo. Pelo menos é a opinião do ex-jogador Walter Casagrande, através de sua coluna no UOL Esporte.

“Mas as desculpas verdadeiras precisam vir com atitudes, no comportamento e no respeito pela história de um clube como o São Paulo. Ele falhou sendo egocêntrico e egoísta, pensando apenas nele e se esquecendo do trabalho em grupo. Continua sendo um ótimo jogador em sua seleção colombiana, mas nos clubes não“, opinou.

James foi contratado no final de julho do ano passado, e disputou somente 14 partidas pelo São Paulo. Neste período, marcou apenas um gol e distribuiu três assistências. Ainda não foi inscrito no Campeonato Paulista e não fez sua estreia neste ano sob o comando de Thiago Carpini.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Talvez ele tenha pensado que anunciando que gostaria de rescindir com o São Paulo choveria times atrás dele, mas não teve nem uma garoa de interessados, então resolveu dar um passo atrás. Sua maior tarefa, que não será fácil, é recuperar e convencer jogadores e torcedores de que realmente se arrependeu, e essas coisas não se recuperam apenas com palavras“, completou Casagrande.

Muricy confirma que James pediu desculpas ao SPFC

Em entrevista ao canal dos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi, o coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho confirmou que o colombiano pediu desculpas pela sua atitude. Mesmo quando pediu a rescisão, ele nunca deixou de mostrar comprometimento nos treinamentos diários no CT da Barra Funda. 

“Ele pediu desculpas, quer jogar no São Paulo, e como ele é um jogador que nunca se afastou dos treinamentos, sempre cumpriu com as obrigações dele, treinando sempre bem, 100%, nunca criando caso com ninguém, ele é um cara super gente boa no dia a dia com os jogadores, com a gente também e claro que entendemos o pedido dele de desculpa, dele querer voltar a jogar no São Paulo e não podemos deixar de lado um craque como esses.