Carpini humilhou o Corinthians e ainda preparou presentinho pro Palmeiras

Nesta terça-feira (30), o São Paulo foi a Itaquera e venceu o Corinthians por 2 a 1, quebrando o então tabu de jamais ter vencido na Neo Química Arena. Os gols tricolores foram marcados por Jonathan Calleri e Luiz Gustavo, enquanto Arthur Sousa descontou para o rival.

Durante o intervalo, o técnico Thiago Carpini optou por realizar algumas mudanças “ousadas”. Com a vantagem no placar e um jogador a mais em campo após a expulsão de Caetano, o comandante poupou alguns dos atletas mais importantes, visando o confronto com o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil.

O time voltou diferente para a segunda etapa. Giuliano Galoppo entrou no lugar de Lucas Moura, Moreira fez a lateral-direita ao invés de Rafinha, e por fim, Alisson deu lugar a Luiz Gustavo.

Lucas chegou a sentir um pequeno incômodo logo nos primeiros minutos de partida. Contudo, ficou até o intervalo. Posteriormente, ele revelou que estava planejando jogar por apenas 45 minutos, assim como Rafinha, que ainda não está 100% fisicamente e deu lugar ao jovem Moreira, criado e formado nas categorias de base de Cotia.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, Alisson, que se tornou peça fundamental atuando como segundo volante, também foi preservado após 45 minutos. Ele havia levado um cartão amarelo na primeira etapa, e Carpini optou por colocar Luiz Gustavo, que foi um dos destaques da partida e marcou o segundo gol do SPFC.

No segundo tempo, o treinador são-paulino também tirou Luciano e Wellington Rato, dois titulares, para as entradas de Ferreirinha e Nikão, que cumpriram bem seus papéis. Agora, o time se prepara para encarar o Palmeiras no domingo (4), às 16h, no Mineirão, em Belo Horizonte, pela Supercopa do Brasil.