Carpini decidiu sair do verdão depois de um ano e agora assumiu o SPFC

Atual campeão da Copa do Brasil e com vaga assegurada para a fase de grupos da Copa Libertadores da América, o São Paulo iniciou o ano de 2024 com um grande baque ao perder o técnico Dorival Jr. para a Seleção Brasileira. Buscando se recuperar rapidamente da perda, o clube foi ao mercado e acertou a chegada de Thiago Carpini.

Com apenas 39 anos de idade, o jovem treinador chega com a missão de comandar o seu primeiro grande clube do futebol brasileiro. E Carpini vem com moral após conquistar o vice-campeonato da Série B do Campeonato Brasileiro com a Juventude. Além disso, o ex-zagueiro possui larga experiência no futebol paulista.

Foi no tradicional Guarani, durante a temporada de 2019, que o agora comandante são-paulino deu os primeiros passos em sua carreira de treinador. Por lá, Carpini chegou a quebrar um recorde pertencente ao saudoso Oswaldo Alvarez, o Vadão, ao ficar por 374 dias consecutivos no comando do Bugre.

Demitido em agosto de 2020 após um período turbulento com resultados ruins, Carpini ainda acumularia trabalhos por Oeste, Inter de Limeira, Santo André e Ferroviária antes de assumir o Água Santa, onde eliminaria o São Paulo nas quartas de final do último Campeonato Paulista, chegando até a final contra o Palmeiras.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.