Calleri dá ótima notícia para a torcida do São Paulo

O São Paulo estreou com o pé direito no último sábado (20), quando fez sua estreia no Campeonato Paulista com vitória. Na ocasião, o Tricolor venceu o Santo André por 3 a 1, no Morumbis. O Tricolor volta a campo nesta terça-feira (23), diante do Mirassol, fora de casa.

A boa notícia para os são-paulinos é que seu principal goleador está bem fisicamente para o segundo duelo do ano. Trata-se do atacante Jonathan Calleri, que prometeu estar 100% após um problema no final do ano passado.

“Vai ser um ano muito bom. Temos um elenco muito qualificado também. Estamos com mais vontade de seguir ganhando. Entramos aqui (no Morumbis) e tentamos recordar um pouco o que foi ganhar a Copa do Brasil. Em 2024 temos vontade de colocar o São Paulo novamente onde merece”, disse, em entrevista à SPFC Play.

Como mencionado anteriormente, Calleri se machucou ainda nos primeiros meses de 2023, durante a disputa do Paulistão.  O argentino jogou praticamente o ano todo com um desconforto no tornozelo, e precisou passar por uma artroscopia no tornozelo direito para se recuperar de vez. Segundo o próprio Calleri, ele se sente bem para atuar.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Estou bem. Encerrou a dor que eu tinha. Mas estou trabalhando o máximo possível para estar 100% dentro do campo. Eu precisava fazer uma pré-temporada outra vez. Muitas lesões nos anos anteriores. Mas agora com muita vontade outra vez. De começar a treinar. Nos preparamos mental e fisicamente e estamos prontos outra vez para receber todos vocês amanhã. Precisamos outra vez da torcida para em outro ano conseguir chegar a finais e conseguir títulos”, disse o centroavante.

Calleri fala sobre Thiago Carpini

Além dos quatro reforços anunciados até aqui (Luiz Gustavo, Ferreirinha, Erick e Bobadilla), o São Paulo conta com uma novidade no banco de reservas. Depois da saída de Dorival Júnior à Seleção Brasileira, o Tricolor optou pelo jovem Thiago Carpini, de 39 anos, para ser o substituto.

“O treinador é muito parecido com o Dorival. É um cara muito mais novo, está aprendendo e nós com ele também. Para ele é um desafio ser o técnico do São Paulo. É uma possibilidade nossa tentar nessa semana que tivemos começar a fazer os movimentos que ele quer dentro do campo para dar tudo por ele e pelo São Paulo . Vamos nos comunicando cada dia melhor”, disse Calleri.