Cafu declara torcida para a final entre São Paulo x Palmeiras

Depois de ser campeão inédito da Copa do Brasil, o São Paulo, além do dinheiro da premiação do torneio, ganhou o direito de disputar a Supercopa do Brasil, torneio de final única contra o vencedor do Campeonato Brasileiro. Ou seja, os comandados de Dorival Júnior entrarão em campo diante do Palmeiras, em duelo marcado para o dia 3 de fevereiro.

Por ser um clássico, não há um favorito definido. Contudo, algumas personalidades do esporte já revelaram seus prognósticos do duelo e para quem estão torcendo. Em conversa com  o “Fala Porco” e o “Nosso Palestra”, o ex-jogador Cafu foi questionado  sobre quem levará o trofeu para casa. O ex-lateral optou por ficar em cima do muro, e não quis cravar nenhum vencedor. 

Cafu é declaradamente são-paulino, mas também destacou seu carinho pelo Palmeiras, onde atuou entre 1995 e 1997. Pelo Tricolor do Morumbi, o capitão do pentacampeonato da Copa do Mundo (Seleção Brasileira) fez parte da eterna equipe comandada por Telê Santana, e levantou os títulos da Libertadores e Mundial de 1992 e 1993, entre outros. 

“Coração vai pender para o empate (risos). Eu tenho carinho e respeito muito grande pelos dois times, mesmo sendo são-paulino, eu tenho um carinho muito forte pelo Palmeiras. Tive uma passagem bacana pelo clube. Respeito bastante a camisa do Palmeiras, mas vai ser um grande jogo”, comentou Cafu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vale lembrar que caso o placar se mantenha igual durante o tempo regulamentar, o campeão será decidido através dos penaltis. Neste ano, o SPFC eliminou o rival nas quartas de final da Copa do Brasil, assim como nas oitavas da edição passada, na disputa de penaltis. 

Final ainda não tem lugar definido 

Apesar de ter divulgado a data da Supercopa do Brasil, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ainda não definiu o local da partida. Ao contrário da lei em São Paulo, o clássico deverá ser disputado com duas torcidas. 

Ambos os clubes entraram com um pedido para o duelo ser realizado no Maracanã, no Rio de Janeiro, muito pela proximidade com a capital paulista. O Mané Garrincha, em Brasília, e o Parque do Sabiá, em Uberlândia, também estão sendo considerados pela CBF.