BOMBA: São Paulo vira réu em processo após pedido da CBF

A longa batalha entre Flamengo e São Paulo pela posse definitiva da Taça das Bolinhas ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15). Segundo o portal Esporte News Mundo, a 1ª Vara Cível da Barra da Tijuca do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro incluiu o Tricolor no processo movido pelo Rubro-Negro pela posse do troféu.

O pedido para inclusão do São Paulo como réu do processo partiu da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Inicialmente, o Flamengo contestou a ação da entidade, mas o juiz Diego Isaac Nigri considerou pertinente a entrada do Tricolor. Agora, o clube carioca terá até 15 dias úteis para incluir o São Paulo no processo.

Pelas regras originais, a Taça das Bolinhas, criada em 1971, seria do clube que conquistasse o Campeonato Brasileiro três vezes consecutivas ou cinco de forma alternada. E por isso criou-se o histórico debate entre Flamengo e São Paulo.

O Flamengo alega que deveria receber a Taça das Bolinhas por ter sido campeão nacional em 1980, 1982, 1983, 1987 e 1992. O quarto título é o da Copa União, que não foi reconhecida pela CBF. Para a entidade, o título daquele ano é do Sport Recife.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Taca das Bolinhas
Rogério Ceni, Juvenal Juvêncio e Zetti com a Taça das Bolinhas. Foto: Gazeta Press.

Já o São Paulo foi o primeiro, na era moderna do Campeonato Brasileiro, a vencer três edições consecutivas entre 2006 e 2008. Por isso, a diretoria são-paulina exigiu a posse definitiva do troféu a partir de 2009. A batalha nos bastidores segue desde então.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.