Bomba: James Rodríguez pode fechar rescisão com o São Paulo

O jogador colombiano James Rodríguez concedeu uma entrevista ao Globo Esporte nas últimas horas, deixando a torcida do São Paulo em suspense sobre seu futuro no clube. A declaração enigmática de James, afirmando não saber o que acontecerá em 2024 no futebol, expressou questionamentos sobre o interesse do jogador em tornar pública essa dúvida, mesmo tendo contrato com o São Paulo até junho de 2025.

Em suas palavras, James destacou a volatilidade do mundo do futebol, onde as situações podem mudar rapidamente, e expressou o desejo de permanência para ajudar a equipe, mas ressaltou que apenas Deus sabe o que o futuro reserva. A pergunta que fica é: por que essa entrevista foi concedida e qual a motivação por trás das incertezas de James para o próximo ano?

De acordo com informações de Jorge Nicola, renomado jornalista esportivo, uma fonte confiável de São Paulo revelou que existe uma divergência de estilos entre James Rodríguez e o técnico Dorival Júnior. Não se trata de uma briga, mas sim de uma diferença na visão de jogo. Dorival acredita que James não se encaixa no estilo que pretende implementar, o que resultou em desconforto para o jogador, especialmente ao ser levado à condição de reserva em partidas cruciais.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

James, sendo honesto e sincero, com os dirigentes do São Paulo acabou sugerindo uma rescisão amigável do contrato. Embora ainda não haja uma decisão final, as discussões estão em andamento. 

A informação crucial é que James fechou contrato com o São Paulo por duas temporadas até junho de 2025, mas aceitou receber vencimentos menores na temporada de 2023 devido às dificuldades financeiras enfrentadas pelo clube. A projeção era de melhores condições a partir de 2024, quando seu salário ultrapassaria a marca de R$ 1 milhão por mês.

Caso ocorra uma rescisão amigável, o São Paulo se livrará de um encargo salarial significativo, enquanto James terá a liberdade de procurar um novo clube. Desde sua chegada, o colombiano participou de 14 jogos, contribuindo com um gol e três assistências.