Barcelona volta atrás de decisão sobre Daniel Alves

Depois de ter tirado Daniel Alves da aba jogadores históricos de seu site após sua condenação por estupro, o Barcelona acabou voltando atrás de sua decisão e recolocou o brasileiro no ranking. 

A lista conta com 103 lendas do clube, organizadas por ordem de saída do time. Os mais recentes são Jordi Alba, Busquets, Piqué, Daniel Alves, Messi e Suárez. O portal Globo Esporte chegou a entrar em contato com o clube, que respondeu que “não vai fazer nenhum comentário sobre o assunto”.

No texto dedicado ao atleta brasileiro, o Barça enaltece a história do lateral com a camisa catalã. Foram 414 jogos disputados e 26 títulos, incluindo diversos Campeonatos Espanhóis, Copas do Rei, Liga dos Campeões da Europa e Mundiais de Clubes.

O Barcelona vem evitando dar qualquer tipo de declaração sobre a situação fora de campo de Daniel Alves. Segundo a imprensa espanhola, o clube deve mantê-lo na aba de lendas até que a sentença da última instância seja divulgada oficialmente. Ele já foi condenado, mas irá recorrer a decisão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mais sobre a condenação de Daniel Alves

A juíza Isabel Delgado Pérez, da 21ª Seção da Audiência de Barcelona., condenou o brasileiro a quatro anos e meio de prisão pelo crime de agressão sexual. O caso ocorreu em dezembro de 2022, na boate Sutton, em Barcelona.

O brasileiro também terá que pagar o valor de 150 mil euros (R$ 805 mil) como indenização por danos morais e físicos, além dos custos do processo. Após sair da cadeia, ficará cinco anos em liberdade vigiada, não podendo ficar a um quilômetro afastado da casa e local de trabalho da vítima.

A justiça emitiu uma nota alegando que  “ficou provado que a mulher não consentiu e que existem elementos de prova, além do testemunho da denunciante, para entender comprovada a violação”.