Bagunça na CBF pode tirar milhões do caixa do São Paulo

Desde o ano passado, a Libra e a Globo estão tentando resolver um entrave relacionado na venda dos direitos televisivos do Campeonato Brasileiro a partir de 2025. Contudo, a bagunça política na CBF vem sendo um fator determinante para a falta de acordo, segundo informações divulgadas pelo portal Uol.

Vale destacar que a Libra é um bloco formado por São Paulo, Flamengo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Grêmio, Bahia, Atlético-MG e Vitória. O mesmo grupo estava confiante em fechar um acordo com a Globo pelos direitos de TV (aberta, fechada e pay-per-view) pelo valor de R$ 1,3 bilhão. 

A negociação acabou demorando um pouco mais por conta de divergências no contrato, e no meio disso, a CBF passou pela crise envolvendo a retirada do presidente Ednaldo Rodrigues, em dezembro do ano passado. Desta forma, houve uma divisão interna em relação a Libra,representada pelo fundador Flávio Zveiter, e a Federação Paulista de Futebol, representada por Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da entidade.

Os dois ficaram animados com a possibilidade de dirigir a federação, mas receberam a notícia de que o Supremo Tribunal Federal ordenou que Ednaldo retornasse ao cargo. Todavia, Carneiro continuou se opondo a Libra, já que é favor da junção com a Liga Forte Futebol em um acordo único. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Globo observa possível criação de bloco único em meio a desavenças entre Zveiter e Carneiro

O mesmo disse aos clubes paulistas que o acordo anterior dos direitos televisivos não era rentável, e que embolsaram ainda menos dinheiro do que o modelo atual. Segundo ele, a conversa com a LFF deveria ser a solução.

Do outro lado, a impressão que ficou é que o mandatário da FPF criou tudo isso para confrontar Zveiter, algoz no cenário da CBF. Algumas fontes da federação, segundo o Uol, afirmam que não há nada contra a Libra em si. Enquanto isso, a Globo está em negociação com ambas as partes e vê de perto a possibilidade de criação de um bloco único (junção da Libra com a LFF).