Bafafá nos rivais: ex-chefão do Corinthians ataca Abel e Palmeiras responde

Eternos rivais, Corinthians e Palmeiras promoveram um dos jogos mais emocionantes da atual temporada em um clássico Majestoso que contou com expulsão, lesões e gols nos últimos minutos no empate por 2 a 2 na Arena Barueri. Agora, os clubes protagonizam disputas também fora de campo após declarações de Mário Gobbi.

Em edição do podcast “Tomando uma com…”, atração comandada pelos apresentadores Rodolfo Gomes e Felipe Oliveira, o ex-presidente do Corinthians não poupou palavras quando indagado sobre o que pensa de Abel Ferreira. Criticando o técnico português, Gobbi chegou a afirmar que o técnico deveria ir embora do país.

“Aí vem um português aqui e manda no árbitro, agride o jogador do São Paulo, ofende o árbitro, caga na cabeça da Federação e da CBF. E todo mundo baba ovo para ele. Ele é competente, mas calma, aqui tem uma cultura, tem futebol. Esse cara pensa que é o quê aqui? Se você não gosta de como é aqui, vai embora”, disse.

Gobbi ainda concluiu: “Ele ataca a imprensa, agride nas coletivas, é desrespeitoso com os jornalistas… E ninguém fala nada, está tudo bem. Estamos aqui sem lei, sem ordem, sem organização, cada um faz o que quer”. Nesta terça-feira, dia 27, o Palmeiras classificou as palavras do dirigente como “irresponsáveis e preconceituosas”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira a nota oficial do Palmeiras sobre o caso

É lastimável que tenhamos de nos manifestar novamente contra declarações levianas – e de cunho xenófobo – endereçadas ao técnico Abel Ferreira.

No Palmeiras desde 2020, Abel nunca agrediu qualquer outro profissional e sempre se empenhou em contribuir com o futebol brasileiro, valorizando as nossas virtudes e propondo as melhorias indispensáveis para crescermos. Não satisfeito, escreveu um best seller que, por meio dos royalties gerados, já beneficiou centenas de jovens atendidos por entidades assistenciais, demonstrando assim gratidão ao povo brasileiro e respeito pelo país que tão bem acolheu sua família.

Dessa maneira, repudiamos veementemente as afirmações irresponsáveis e preconceituosas feitas pelo ex-presidente do Corinthians, Mário Gobbi, cuja conduta foi incompatível com a importância do cargo que outrora ocupou, bem como com o momento de extrema violência que vivemos no futebol e no mundo.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.