Arboleda será julgado e pode levar punição pesada no STJ-SP

No último dia 17, São Paulo e Red Bull Bragantino ficaram no empate em 2 a 2 no MorumBis, em duelo válido pelo Campeonato Paulista. Além do resultado, o torcedor são-paulino tem mais um motivo para se preocupar: a situação de Arboleda.

O equatoriano foi expulso no segundo tempo após uma entrada considerada violenta. Pouco tempo antes, Helinho, da equipe adversária, também recebeu um cartão vermelho do árbitro Vinícius Gonçalves Dias de Araújo. Ambos serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo nesta terça-feira (27).

Arboleda foi enquadrado no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que consta “ato desleal ou hostil durante a partida, prova ou equivalente”. Caso ele seja considerado culpado, poderá desfalcar a equipe comandada pelo técnico Thiago Carpini por um a três duelos.

Por outro lado, Helinho, que é cria das categorias de base de Cotia, foi citado no artigo 254-A, que pode acabar punindo o jogador por  “agressão física durante a partida, prova ou equivalente”. Ele pode ficar de fora de quatro a doze jogos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Dependendo da audiência, Arboleda poderá retornar nesta quarta (28)

Arboleda já cumpriu um jogo de suspensão neste domingo (25), quando o São Paulo viajou a Campinas e empatou em 1 a 1 contra o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa. Ele poderá ou não (dependendo do resultado da audiência) atuar nesta quarta-feira (28), quando o Tricolor encara a Inter de Limeira. O adversário vendeu o mando de campo, e o confronto será disputado no Mané Garrincha, em Brasília.