Após saída de Dorival Junior, 3 jogadores devem deixar o clube

De olho na temporada de 2024, o time do São Paulo se apresentou no último sábado no CT da Barra Funda para iniciar seus treinamentos. Contudo, os jogadores reconhecidos como potenciais negociáveis, entre eles o lateral-direito Nathan e os volantes Méndez, Gabi e Talles Costa, foram liberados da reapresentação.

A decisão permite que os atletas acessem novas oportunidades de transferência para outros clubes. Por enquanto, Méndez, Gabi Neves e Talles Costa permanecem distantes dos treinamentos e não estão nos planos de jogos futuros pelo São Paulo. Uma possível virada neste cenário estaria na chegada de um novo treinador que desejasse contar com o desempenho dos mesmos.

Neste momento, contudo, eles continuam excluídos do elenco atual. Diferentemente de seus colegas, o volante Luan que não contava com o espaço no time sob o comando de Dorival Júnior, não foi adicionado à lista de jogadores liberados para a reapresentação do São Paulo. Apesar de estar fora dos planos para 2024, o cenário para Luan permanece incerto.

Por que o Luan sairia?

A expectativa era que o jogador fosse negociado para compor um novo time durante esta temporada. No entanto, essa situação pode sofrer uma reviravolta com a saída de Dorival Júnior. Luan é oficialmente tratado pelo São Paulo como um membro importante do elenco e não como um atleta “negociável”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

São Paulo e Luan identificam o término de um ciclo em sua relação e planejam iniciar as negociações para a saída do volante p mais rápido possível em 2024. Apesar de uma proposta de empréstimo do Vitória ter sido feita, até o momento, não houve progresso significativo na contratação do volante de 24 anos.

O futuro de Luan, incluindo seu espaço na equipe e suas possíveis aparições ao longo deste ano, dependerá em grande parte da decisão do novo treinador do Tricolor. Enquanto o clube se revigora para a nova temporada, a expectativa é que as decisões estratégicas sejam reveladas em um futuro próximo.