Após ganhar a Copa do Brasil e assumir a Seleção Brasileira, CBF demitiu treinador

Sonhando com seu décimo título de Copa América, a Seleção Brasileira mediu forças com o tradicional Uruguai pelas quartas de final do torneio continental no último final de semana. Depois de não sairem do zero no tempo normal, as equipes foram para a decisão de pênaltis com os uruguaios levando a melhor por 4 a 2.

Contratado pela CBF após conquistar a Copa do Brasil pelo São Paulo, o técnico Dorival Jr. agora vive sua primeira crise à frente da Seleção. Desde janeiro, o experiente treinador soma seis jogos disputados, com apenas duas vitórias e outros quatro empates. Eliminado, o ex-São Paulo pode ver um velho filme se repetir.

Em 2010, logo depois de Dunga ser demitido do cargo de técnico da Seleção após a eliminação dentro da Copa do Mundo, Mano Menezes foi a aposta da CBF para comandar o ciclo até o Mundial de 2014. Mano vinha de um ótimo trabalho no Corinthians que, curiosamente, tinha a Copa do Brasil de 2009 como ponto alto.

Mas a aventura do gaúcho na Canarinho duraria pouco. Em novembro de 2012, após acumular decepções na Copa América de 2011, onde foi eliminado pelo Paraguai nas quartas de final, e nas Olimpíadas de Londres, com a medalha de prata, Mano acabou demitido do cargo e deu lugar a Felipão, que comandaria a Seleção até 2014.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.