Antony quase chutado do Manchester United salva o time no apagar das luzes

Comprado por  95 milhões de euros (R$ 510,1 milhões na cotação da época) em agosto de 2022, Antony se tornou a segunda contratação mais cara da história do Manchester United. O brasileiro revelado em Cotia era uma das grandes promessas do futebol mundial, e era o principal destaque ofensivo do Ajax, da Holanda.

Justamente por conta do custo, a torcida dos Red Devils esperava que o atacante se tornaria o principal craque do time. Ele também foi convocado pelo técnico Tite para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo realizada no Catar.

Apesar das expectativas altas, Antony ainda não deslanchou no futebol inglês. Em sua primeira temporada, disputou 44 partidas, com oito gols marcados e três assistências distribuídas neste período.

A situação piorou após as acusações de agressão física a sua ex-namorada ainda em 2023. Na época, foi cortado da Seleção Brasileira e afastado das atividades diárias do Manchester United. A mídia inglesa reportava que o brasileiro estava na lista de possíveis negociáveis do clube.

Ele chegou a ser defendido publicamente pelo técnico Erik Ten Hag, com quem trabalhou no Ajax. O holandes tem preferido outros nomes para o time titular, apostando em jovens promessas do clube ao invés de Antony.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu apoio o Antony há muito tempo. Conheço suas habilidades e vou recuperá-lo, vou apoiá-lo. Ele tem de esperar pela sua chance no time e, uma vez lá, precisa estar à altura”, disse.

Apesar de todo o “barulho” na imprensa em relação a uma possível negociação, Antony deu um passo importante para permanecer no United. Neste domingo (17), o brasileiro ajudou sua equipe a bater o Liverpool por 4 a 3, se classificando para a semifinal da Copa da Inglaterra. Antony marcou o gol de empate (2 a 2) aos 43 minutos do segundo tempo, levando o duelo para a prorrogação.