Antigo salário de Thiago Mendes fará muita gente perder os cabelos

O volante Thiago Mendes está perto de retornar ao São Paulo. O atleta esteve no CT da Barra Funda e conversou com os dirigentes e também com o técnico Luis Zubeldía. Marcou presença no empate em 2 a 2 contra o Corinthians, na Neo Química Arena.

O jogador defende as cores do Al-Rayyan, do Qatar, e possui contrato válido até o final de junho de 2025. Ou seja, ele não sairia a custo zero do clube atual, e ambos os lados precisam chegar a um denominador comum.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, Thiago Mendes já teria dado o “ok” para a negociação. Por sinal, o próprio jogador já teria se acertado com o Tricolor em questões de tempo de contrato, salário e luvas. 

Ele estaria empolgado em retornar ao clube que defendeu entre 2015 a 2017, passagem que culminou na campanha na Libertadores de 2016, quando o SPFC chegou à semifinal. Ele foi vendido ao Lille, e posteriormente ao Lyon, ambos da França. Desembarcou no Qatar no ano passado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Questão financeira é muito importante para a negociação

O grande problema em relação a possível transferência é o possível alto valor pedido para o SPFC efetuar a compra do atleta. Isso porque o clube pagou 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões) pela sua compra em 2023, montante que o Tricolor não deve desembolsar.

Outro fator importante é o salário de Thiago Mendes. De acordo com Jorge Nicola, o brasileiro recebia algo em torno de R$ 1,7 milhão por mês enquanto defendia as cores do Lyon.  Seus vencimentos mensais certamente aumentaram após sua chegada no Al-Rayyan, ou seja, montante que fica praticamente impossível de ser pago pelo São Paulo. Apesar disso, a diretoria são-paulina está otimista que o negócio possa acontecer, com o atleta aceitando reduzir seu salário para retornar ao São Paulo.