Anderson Talisca desceu do avião para apresentar surpresa no Brasil

Cria das divisões de base do Bahia, o atacante Anderson Talisca, de 30 anos, voltou ao Brasil no último mês, mas não para jogar bola. De férias do Al-Nassr, clube saudita onde é companheiro do astro português Cristiano Ronaldo, o jogador aproveitou os dias de folga para fazer shows como cantor de R&B, uma vertente da Black Music.

Em meio aos gols de uma temporada para lá de artilheira, Talisca não deixou de lado a veia musical e investiu forte na carreira como rapper. Em novembro, ele lançou um EP com cinco novas músicas, assinadas com seu nome artístico no mundo da música: Spark. Já em janeiro, se apresentou em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Talisca Spark
Anderson Talisca atua como Spark na carreira de rapper — Foto: Divulgação

Em entrevista recente, Talisca afirmou que o EP tem como objetivo “unificar suas duas personas”, sempre com carreiras trabalhadas separadamente, mas de maneira mais natural, juntando a notoriedade no esporte com as ambições musicais que sempre teve. A carreira na música foi iniciada em 2020, quando atuava na China.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“É importante dizer que sou a mesma pessoa. Mesmo atendendo por nomes diferentes em cada um dos meus ramos de atuação, a essência é a mesma, não existe personagem, apenas uma pessoa que tenta fazer tudo aquilo que ama e sempre sonhou”, disse Talisca (ou Spark).

De volta ao Al-Nassr, Talisca foi um dos destaques na assombrosa vitória por 6 a 0 sobre o Inter Miami, clube de Lionel Messi, na quinta-feira (01). Ele anotou um hat-trick no confronto, que não contou com a presença de Cristiano Ronaldo. Na atual temporada, já são 21 gols marcados e seis assistências em 27 jogos disputados.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.