Ancelotti vai pegar o avião para assumir o Brasil e Diniz está fora da Seleção Brasileira

Dono de boa passagem pelo comando técnico do São Paulo, Fernando Diniz estreou com tudo pela Seleção Brasileira. Contratado de forma interina pela CBF, o treinador acumulou vitórias sobre Bolívia e Peru nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. Elogiado, já há quem pensa que Diniz seja efetivado no cargo.

Para isso, a entidade que rege o futebol brasileiro teria de desfazer o acordo inicial firmado com o italiano Carlo Ancelotti, atual técnico do Real Madrid. Grande sonho de Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, para substituir Tite, o treinador europeu teria se comprometido a assumir o Brasil após o término de seu vínculo com o gigante espanhol.

Assim, em julho de 2024, Ancelotti desembarcará no país para assumir a única seleção pentacampeã do mundo e já estará à frente da equipe na disputa da Copa América. E, de acordo com o jornalista Jorge Nicola, nem mesmo os bons resultados e o desempenho surpreendente do time farão Diniz permanecer como técnico da canarinho.

Em contato com uma fonte próxima a Ednaldo, Nicola assegurou que o acordo verbal entre CBF e Ancelotti permanece sem qualquer alteração e que o italiano deve mesmo assumir o posto no próximo ano. Ainda vinculado ao Fluminense, Diniz tem a proposta de se tornar auxiliar técnico na comissão montada pela entidade.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Enquanto Ancelotti e companhia não chegam ao Brasil, Diniz terá mais seis compromissos pela Seleção Brasileira. Quatro deles pelas Eliminatórias: em outubro o técnico enfrentará Venezuela e Uruguai, já em novembro os adversários serão Colômbia e Argentina.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.