Alexandre Pato é humilhado por jornal da Inglaterra

A janela de transferências de janeiro pode parecer uma parte intrínseca do calendário da Premier League, mas, na verdade, foi implementada pela primeira vez na temporada 2002/03. Antes da adoção do sistema de duas janelas que conhecemos hoje, os clubes da primeira divisão tinham permissão para realizar transferências ao longo da temporada até 31 de março.

Nesse ponto, considerava-se que a aquisição de reforços poderia comprometer a integridade da competição. O conceito de duas janelas foi desenvolvido pela FIFA como uma maneira de evitar que os jogadores trocassem de clube indiscriminadamente, ao mesmo tempo em que permitia negociações durante períodos específicos – ou seja, as janelas de verão e inverno.

Os clubes de destaque na Premier League, como Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham, têm sido protagonistas em significativas movimentações durante o mercado de inverno. O chamado “Big Six” da Premier League realizou aproximadamente 200 contratações desde a temporada de 2003.

Como ocorreu?

Porém, em uma eleição sobre as melhores e piores contratações dos maiores clubes, está listado um ex-são paulino. Este, não deixou saudades e poucas pessoas lembram de sua passagem pelos azuis de Londres. Sendo citado por um jornal inglês como uma das piores aquisições de todos os tempos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Chelsea empreendeu uma das várias tentativas de ressuscitar a carreira decadente do ex-jovem prodígio brasileiro Alexandre Pato ao assinar um contrato de empréstimo de seis meses com o atacante em janeiro de 2016.

Na época, o jogador, com 26 anos, anotou um gol de pênalti em sua estreia, contribuindo para a vitória por 4 a 0 sobre o Aston Villa – no entanto, essa foi sua única contribuição notável. Ao final da temporada, ele retornou ao Corinthians, tendo feito apenas mais uma partida pelos Blues.