Alemanha vive fase tão RUIM que faz a do Brasil parecer até boa

Vivendo fases semelhantes, os alemães e brasileiros estão preocupados com suas seleções, que são as duas mais vitoriosas da história, com quatro e cinco rótulos de Copas do Mundo, respectivamente.

O ano de 2023 foi para esquecer para ambas, e agora é levantar a cabeça para a Eurocopa e Copa América do ano que vem. Antes colocando medo em todos os adversários, o Brasil e Alemanha acumulam uma marca negativa. Porém, os europeus estão ainda piores.

Isto porque 2023 foi o pior ano de aproveitamento para a Alemanha em praticamente 70 anos. A derrota recente para a Áustria marcou a sexta em 11 partidas (venceu três e empatou mais duas partidas).

A boa notícia é que, por ser o país sede da Eurocopa de 2024, já tem vaga garantida e não tem que disputar as Eliminatórias. O aproveitamento do time neste ano chega a 33,3%, e só não é pior que em 1957, quando chegou a 29,1%.

Ainda em junho, após perder um amistoso para a Colômbia, mesmo jogando em casa, o meia Leon Goretzka desabafou após a partida, condenando o desempenho recente da seleção alemã. Contudo, pouca coisa mudou de lá para cá.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Não sei se me preocupar é o suficiente. É dramático, é preciso deixar isso claro. É difícil explicar, o que oferecemos é muito pouco”, comentou.

Além dos carrascos em 2014, o Brasil também foi derrotado pelos colombianos recentemente. Após sair na frente no placar, a Amarelinha tomou a virada por 2 a 1, em Barranquilla. Além disso, perdeu para Uruguai e Argentina nestas eliminatórias.

Na Copa do Mundo de 2022, os alemães foram eliinados na fase de grupos, enquanto o Brasil chegou ate as quartas de final, perdendo para a Croácia, nos pênaltis.