Acertado com o São Paulo? Ferreira chora e já se despede do Grêmio

Visando se reforçar para a disputa da Libertadores de 2024, o São Paulo está atento ao mercado da bola. A equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior deve contratar cerca de quatro ou cinco novos jogadores. Dentre estes, alguns nomes estão em negociação com o clube paulista.

Um deles é Ferreira, atacante do Grêmio. O atleta, por sinal, está no radar são-paulino há pelo menos dois anos. Contudo, devido a questão financeira, o negócio nunca saiu do papel.

O ponta-esquerda tem contrato com o time gaúcho até o final do ano que vem, e não deve estender o vínculo. Justamente por isso, acaba atraindo interesse de outros clubes, já que o Grêmio não planeja perdê-lo de graça.

Um dos indicativos de que ele pode estar de saída foi divulgado nos últimos dias, através do vídeo de bastidores da despedida de Luis Suárez e vitória por 1 a 0 diante do Vasco. Nele, Ferreira aparece chorando no vestiário, possível tom de despedida, de acordo com o jornalista Jorge Nicola.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Consegui apurar que o Ferreira, assim como o Suárez, se despediu da Arena do Grêmio. Já está tudo certo entre o Ferreira e o Grêmio para que ele seja negociado. Existem duas possibilidades. A primeira delas é o Toluca, do México, clube que contratou Renato Paiva, ex-treinador do Bahia, que o indicou para o clube ,edição que fez uma oferta bastante interessante, não só para o Grêmio mas também para o São Paulo”, iniciou.

Tricolor do Morumbi é a prioridade de Ferreira, mas questão financeira pode ser um empecilho

Apesar da boa oferta do futebol mexicano, Ferreira dá prioridade ao São Paulo, de acordo com Nicola. O jogador teria se animado com o que ouviu de Dorival Júnior, que montou um planejamento específico para ele. 

“Para que o negócio saia, é necessária uma melhora na proposta. O Toluca está disposto a pagar mais do que o Grêmio paga ao Ferreira. A proposta do São Paulo é com salário inferior ao atual, ou seja, a chance de acordo é pequena. São Paulo precisa correr para melhorar sua proposta,e  tenta encontrar jogadores para tentar uma troca”, finalizou.