A notícia ruim sobre Calleri pra torcida do São Paulo

Nesta quinta-feira (22), o São Paulo venceu o Águia de Marabá por 2 a 0, no Morumbis, e se classificou para as oitavas de final da Copa do Brasil, graças aos gols marcados por Lucas e Erick. Por ter vencido por 2 a 1 na ida, em Belém (PA), o técnico Luis Zubeldía aproveitou para escalar uma equipe alternativa. Machucado, Calleri sequer entrou em campo.

Durante a coletiva de imprensa após o duelo, Zubeldía comentou sobre a situação do atacante, e disse que não tem certeza sobre sua participação na próxima partida do time. Na ocasião, o SPFC enfrenta o Talleres. da Argentina, na próxima quarta-feira (29), às 21h30, no Morumbis.

“Calleri está bem. A ideia é que tenha duas ou três sessões de treinos antes do jogo contra o Talleres. O que não posso te dizer são os minutos, porque aí já será um trabalho de equipe entre o departamento médico, jogador e comissão técnica”, disse o treinador.

O camisa 9 machucou a panturrilha direita durante a vitória por 3 a 1 em cima do Cobresal, do Chile, pela Libertadores. Ainda na coletiva, Zubeldía foi perguntado se Lucas Moura, que retornou de lesão, será titular contra os argentinos. Ele ainda é cedo para esboçar uma equipe.

“Nem todos os jogos são iguais. Contra o Talleres não vai ser igual contra o Barcelona, porque o Talleres tem uma força maior em muitos aspectos. É uma equipe que está bem estruturada, tem um modelo de jogo muito importante a partir do seu presidente. Sei que é um clube que trabalha para um modelo de jogo. Contrata para seu modelo de jogo. Contrata jogadores jovens, físicos, para sua ideia de jogo”, comentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC encara “decisão” contra o Talleres

Vale destacar que o Talleres é o líder do grupo com 13 ponto conquistados, enquanto o São Paulo acumula 10. Basta uma vitória do Tricolor sobre os argentinos para garantir a primeira colocação da chave. Na partida de ida, em Córdoba, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1, ainda sob o comando de Thiago Carpini.

“ Por isso se classificou para a Libertadores, está bem no torneio argentino. Possivelmente teremos o controle de bola, sairemos e seremos protagonistas, mas a transição deles vai ser muito mais forte do que a do Barcelona. É uma equipe que pode se defender, mas vai estar atenta ao contra-ataque. Assim como tem essa aspiração de contra-atacar, também vai se abrir defensivamente”, completou o treinador.