A notícia mais preocupante do São Paulo veio logo na sexta-feira (21)

Não é de hoje que o futebol brasileiro vem atraindo olhares não só da própria América do Sul, mas também de outras partes do mundo. O Brasileirão ganhou mais notoriedade com jogadores de nome que optaram por jogar em território nacional, como o próprio uruguaio Luis Suárez, que fez uma grande temporada no Grêmio.

Apesar do brilho, os clubes brasileiros também ostentam dívidas altas. O Relatório Convocados,  que foi realizado pela Consultoria Convocados junto a Galapagos Capital e a Outfield, sendo divulgado pela Exame, revelou que a dívida total dos 20 principais clubes do Brasil chegam ao montante total de R$ 11,7 bilhões.

O Corinthians, que vive má fase tanto fora quanto dentro de campo, é o dono do maior débito em todo o Brasil. O clube de Itaquera deve R$ 1,894 bilhão no total. O Botafogo aparece em segundo lugar (R$ 1,3 bilhão) e o Atlético-MG  completa o pódio (R$ 998 milhões).

O São Paulo é o quarto clube brasileiro com a maior dívida. O Tricolor tem débitos estimados em R$ 856 milhões. A gestão de Julio Casares visa diminuir o valor através da criação de um fundo de investimentos para quitar as dívidas bancárias, mas a situação não é fácil. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A pesquisa citada também destacou um aumento nas receitas após a pandemia da Covid-19, que piorou muito a situação financeira dos clubes. As SAFs (Sociedades Anônimas do Futebol) ganharam um destaque positivo, já que os clubes que aderiram ao modelo conseguiram diminuir seus débitos como Atlético-MG, Vasco e Cruzeiro.

Apesar disso, o ranking mostrou que poucos brasileiros se importam realmente com um equilíbrio financeiro. Os quatro times com menores dívidas são, justamente, os que acabam brigando contra o rebaixamento, com exceção do Fortaleza, que foi vice-campeão da Sul-Americana na temporada passada.

O Coritiba deve “apenas” R$ 277 milhões, seguido do América-MG (R$ 109 milhões) e Fortaleza (R$ 67 milhões). O time que menos deve entre os principais do país é o Cuiabá, com um débito de R$ 4 milhões.

Veja as maiores dívidas do Brasil:

  • Corinthians: R$ 1,894 bilhão
  • Botafogo: R$ 1,301 bilhão
  • Atlético-MG: R$ 998 milhões
  • São Paulo: R$ 856 milhões
  • Cruzeiro: R$ 811 milhões
  • Fluminense: R$ 736 milhões
  • RB Bragantino: R$ 696 milhões
  • Vasco: R$ 696 milhões
  • Internacional: R$ 650 milhões
  • Santos: R$ 548 milhões