5 técnicos para o São Paulo trazer para o lugar de Dorival Júnior

Nesta quinta-feira (4), foi divulgado que o técnico Dorival Júnior estaria na mira da Seleção Brasileira. O nome é o favorito de Ednaldo Rodrigues, que retornou ao cargo de presidente da CBF após a liminar de Gilmar Mendes, ministro do STF.

O próprio Dorival já se mostrou lisonjeado e feliz com o interesse em outras oportunidades, e caso aceite o convite, será um baque gigantesco para o São Paulo, que não tem nenhum nome a vista como substituto. Justamente por isso, confira cinco opções de treinadores que podem assumir o Tricolor em caso de saída de Dorival.

Juan Pablo Vojvoda

O treinador argentino já foi carrasco do Tricolor ainda em 2019, quando eliminou o time na pré-Libertadores no comando do Talleres. Depois, construiu uma história vencedora no Fortaleza, clube no qual é ídolo. Chegou à final da Copa Sul-Americana na última temporada, e sua contratação é vista como muito difícil, já que possui uma multa avaliada em pouco mais de R$ 7,4 milhões.

André Villas Boas

O português já teve seu nome ligado ao São Paulo em algumas oportunidades, mas nunca de fato negociou com o clube. Ele está livre no mercado desde sua saída do Olympique de Marselha, da França, em 2021. Já comandou equipes como Chelsea, Tottenham, Zenit e Porto.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Diego Alonso

Recém-demitido do Sevilla, Diego Alonso é outro que está livre no mercado e poderia cair como uma boa opção no Morumbi. Venceu duas vezes a Liga dos Campeões da Concacaf, uma pelo Pachuca e outra pelo Monterrey, ambos do México. Além disso, teve um trabalho na Seleção Uruguaia. 

Jorge Sampaoli

Demitido do Flamengo após perder a final da Copa do Brasil contra o próprio São Paulo, Jorge Sampaoli é mais um nome disponível no mercado. O treinador, que fez história na Seleção do Chile ao conquistar duas Copas Américas, teve mais duas passagens pelo futebol brasileiro: Santos e Atlético-MG.

Gabriel Milito

Como jogador, Gabriel Milito passou por grandes clubes como Barcelona e Independiente, levantando os mais variados títulos. Ele tenta se consolidar como treinador, carreira que iniciou em 2015 sob o comando do Estudiantes. Seu trabalho mais notável foi no Argentinos Juniors, onde ficou de 2021 a 2023.