5 situações que comprovam o tamanho de Leônidas da Silva pro futebol

Imagem: lance.com.br

Ídolo do São Paulo, o eterno Leônidas da Silva, conhecido como o “Diamante Negro”, foi um dos melhores jogadores de futebol que o país já viu. Além de sua participação dentro de campo, representou muito fora dele, em especial na igualdade racial. E nesta Dia da Consciência Negra, nada melhor do que listar os grandes feitos do ex-atacante, que faleceu em 2004.

Média de gols com a Seleção Brasileira

Leônidas é até hoje lembrado pelo seu faro de gol. Atacante completo, seu sucesso se estendia a nível internacional. Disputou duas Copas do Mundo (1934 e 1938), e possui a melhor média de gols da história do Brasil. Em 37 duelos disputados, marcou exatos 37 gols. Ele divide o posto com Quarentinha,que balançou as redes 17 vezes em 17 duelos.

Destaque da Copa do Mundo de 1938

Apesar do Brasil não ter conquistado o Mundial de 1938, Leônidas foi o artilheiro da competição com oito gols marcados. A Amarelinha acabou ficando em terceiro, ao vencer a Suécia por 4 a 2, com dois gols dele. Foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo daquele ano.

Popularização do SPFC e Flamengo

Leônidas foi contratado pelo Flamengo em 1936, no momento em que o Rubro-Negro começou a contar com mais ateltas negros. O Diamante Negro ajudou na aproximação do clube carioca com a camada mais pobre, sobretudo após o Mundual de 1938. Marcou 151 gols em 148 jogos pelo Flamengo.

Pelo Tricolor, Leônidas obteve ainda mais destaque. Ele ajudou a popularizar o São Paulo, que havia sido fundado anos antes. Venceu cinco vezes o Campeonato Paulista, marcando 144 gols em 211 jogos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Inventor do chute “bicicleta”

Além do faro de gol, Leônidas sempre esbanjou criatividade dentro de campo. Por sinal, ele inventou a famosa “Bicicleta” no futebol. O lance ocorreu em 1932, pelo Estadual do Rio de Janeiro. Na partida entre Bonsucesso e Carioca, recebeu um cruzamento e chutou no ar.

Leônidas foi “Pelé” de sua geração

Rei do futebol, Pelé sempre será lembrado como o maior futebolista brasileiro de todos os tempos.Contudo, antes mesmo do nascimento do ex-atacante, Leônidas era a maior estrela do país. Ajudou na popularização do esporte e no sentimento de paixão dos torcedores, se tornando uma das maiores lendas entre os brasileiros.