4 pontos negativos da temporada 2023 do São Paulo

A temporada de 2023 do São Paulo entrou para a história do torcedor tricolor. Depois de muita espera, o time conquistou a tão sonhada Copa do Brasil. Além de encher os cofres, garantiu presença na fase de grupos da Libertadores da América. Apesar disso, o ano também teve seus pontos baixos. 

Apesar da campanha vitoriosa da Copa do Brasil, o Tricolor foi muito mal no Campeonato Brasileiro pelo terceiro ano seguido com um aproveitamento inferior a 50%, terminando em 11° lugar na tabela de classificação. Desde a transformação do Brasileirão em pontos corridos, o SPFC jamais teve um aproveitamento tão ruim de maneira consecutiva. 

Eliminação inesperada na Sul-Americana

Depois de terminar com a melhor campanha geral da fase de grupos da Copa Sul-Americana, o Tricolor não conseguiu dar continuidade e acabou parando no caminho. Apesar de ter eliminado o San Lorenzo, nas oitavas de final, foi eliminado para a LDU, nas quartas. Vale lembrar que o time equatoriano acabou se sagrando campeão do torneio ao vencer o Fortaleza.

  • Péssimo aproveitamento fora de casa

Apesar de ter demonstrado muita força dentro do Morumbi, o São Paulo teve um aproveitamento desastroso fora de casa. Conquistou somente 11 pontos sem ser mandante, com uma vitória (contra o Bahia, na 36° rodada), oito empates e 10 derrotas em 19 jogos no total.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

  • James Rodríguez fora de ritmo

Dorival Júnior conseguiu contar com diversos reforços no meio do ano, tais como os astros James Rodríguez e Lucas Moura. Apesar do brasileiro ter mostrado seu talento, o colombiano que ex-Real Madrid e Bayern de Munique ainda parece um pouco abaixo em relação ao restante do elenco.

James sequer participou da campanha da Copa do Brasil, e na grande maioria dos jogos em que atuou como titular, Dorival havia escalado uma equipe alternativa. Há muita expectativa em torno do atleta, que, caso fique para 2024, deve receber ainda mais atenção da comissão técnica.